Meteorologia Serra Estrela - Vitor Baia

  • Continuação do tempo seco - Na primeira quinzena de Agosto continua o tempo seco com muito sol e temperaturas elevadas como é normal na época de Verão. A situação de seca tende a ag...
    Há 1 semana

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Rota do Zêzere, a pé, de bicicleta e canoa, abre no Verão

A Grande Rota do Zêzere, com troços para fazer a pé, de bicicleta e canoa, deverá estar sinalizada e ter serviços instalados a partir do próximo verão, disse Rui Simão, coordenador da rede de Aldeias do Xisto, à agência Lusa.
A rota vai ligar a nascente, em Manteigas, no coração da Serra da Estrela, até à foz, em Constância.
Actualmente decorre a marcação e delimitação de caminhos em vários concelhos, tais como Pampilhosa, Figueiró dos Vinhos, Pedrogão Grande, Sertã e Oleiros.
"Até final do primeiro semestre, tudo faremos para que a rota esteja já disponível para que daí até final do ano haja outras condições de actuação sobre a mesma", com criação de actividades complementares, refere Rui Simão.
Ou seja, "até início do verão haverá novidades".
Cada qual vai poder escolher como percorrer as paisagens que rodeiam o Rio Zêzere, que vão desde a mais alta e extensa cadeia montanhosa de Portugal, passando pelos campos cultivados e aldeias típicas até chegar ao Rio Tejo.
A Grade Rota do Zêzere está desenhada para ser feita "a pé, de bicicleta ou de canoa, quando houver aproximação a albufeiras", explica Rui Simão: "Haverá estações intermodais onde será possível mudar de modo de deslocação".
O objectivo da rede de Aldeias do Xisto vai para além da marcação da rota.
A intenção é que "nela se possa ancorar um conjunto de serviços, actividades e atracões territoriais".
A Grande Rota do Zêzere está inserida na Estratégia de Eficiência Colectiva PROVERE das Aldeias do Xisto, como projecto-âncora e os promotores apresentam-na como o maior investimento numa iniciativa desta natureza em Portugal, ultrapassando um milhão de euros de orçamento.
O consórcio para implementação da rota foi estabelecido em 2010 por dez dos 14 municípios envolvidos: Figueiró dos Vinhos, Abrantes, Constância, Ferreira do Zêzere, Oleiros, Pampilhosa da Serra, Pedrógão Grande, Sertã, Vila de Rei e Guarda.
Os restantes Municípios envolvidos são Covilhã, Fundão, Castanheira de Pêra e Manteigas.
Segundo Rui Simão, este é um dos projectos emblemáticos em curso, tendo em conta a preocupação de "dar mais consistência e qualidade aos serviços de que o território já dispõe".
Para o próximo ano está também previsto o lançamento de um novo portal na Internet e de uma aplicação da rede para dispositivos móveis.

Fonte: - Lusa/SOL

Sem comentários: