Meteorologia Serra Estrela - Vitor Baia

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Dispositivo de socorro na Serra da Estrela é ativado sábado

A Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC) vai ativar, no sábado, o Plano Operacional Nacional para a Serra da Estrela, para garantir segurança aos visitantes, anunciou o Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) da Guarda. 

O plano tem como objetivo "estabelecer procedimentos e articulação entre os diversos agentes da proteção civil que intervêm na Serra da Estrela", disse hoje à agência Lusa António Fonseca, comandante operacional distrital da Guarda.

Garantir o socorro e a assistência das pessoas que visitam a serra, tanto em termos de evacuação em ambulância, como em termos de resgate, busca e salvamento, e regularizar o trânsito, são outros dos propósitos do dispositivo anual, disse.

O plano é coordenado pelo CDOS da Guarda "mas sempre em articulação com o CDOS de Castelo Branco", segundo aquele responsável. António Fonseca explicou que o Dispositivo Conjunto de Proteção e Socorro na Serra da Estrela prevê a intervenção de meios da GNR (sub-agrupamento de montanha), Força Especial de Bombeiros e de corpos de bombeiros da região.
Participam elementos de cinco corporações de bombeiros do distrito da Guarda (Loriga, São Romão, Seia, Gouveia e Manteigas) e de uma do distrito de Castelo Branco (Covilhã).
"O plano determina que [o dispositivo] esteja ativo até ao dia 30 de abril, podendo ser antecipado ou adiado, em função das condições climatéricas verificadas" na serra, declarou António Fonseca.

Referiu que os meios no terreno ficarão instalados em dois postos na Torre e no Sabugueiro, Seia, (apenas aos fins de semana), sendo a maior concentração de elementos aos fins de semana, "quando há maior número de visitantes".

Nessas ocasiões, o dispositivo de socorro incluirá a presença diária de 13 elementos dos corpos de bombeiros, dez da Força Especial de Bombeiros e entre 12 a 15 da GNR, contou.
O comandante operacional distrital da Guarda assegurou que os homens que vão estar no terreno estarão equipados com meios e equipamentos apropriados para as circunstâncias específicas da serra.
Motos de neve, motos 4x4, veículos com material de escalada e salvamento de grande ângulo, ambulâncias todo o terreno e equipamentos portáteis para desencarceramento, são alguns dos mecanismos associados ao dispositivo de socorro.

As pessoas que tencionem deslocar-se à Serra da Estrela devem levar correntes de neve para as viaturas, os depósitos cheios de combustível (em caso de retenção é necessário manter os veículos em funcionamento por causa do aquecimento), agasalhos e telemóveis, lembra António Fonseca.

Os visitantes que façam caminhadas a pé também devem informar previamente as autoridades da sua intenção e ter sempre em conta as previsões meteorológicas, concluiu.

Fonte: Diario de Noticias

Sem comentários: