Meteorologia Serra Estrela - Vitor Baia

  • Continuação do tempo seco - Na primeira quinzena de Agosto continua o tempo seco com muito sol e temperaturas elevadas como é normal na época de Verão. A situação de seca tende a ag...
    Há 1 semana

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Manteigas: Câmara cria ninho de empresas em antiga fábrica têxtil

A Câmara Municipal de Manteigas está a investir 148 mil euros na criação de um ninho de empresas, para apoiar jovens empresários que pretendam desenvolver o seu próprio negócio, disse hoje à Lusa o autarca local.
Segundo o presidente da Câmara de Manteigas, Esmeraldo Carvalhinho, a autarquia adquiriu as instalações da antiga fábrica têxtil Sotave, por 396 mil euros, e está a proceder à adaptação da área administrativa para alojar pequenas e micro empresas.
“O que pretendemos é que jovens, que se queiram instalar em Manteigas, possam ter essa possibilidade, através da cedência de instalações”, explicou, adiantando que as maiores dificuldades que se colocam às empresas no início da sua atividade estão relacionadas com a aquisição de espaços para funcionamento.
Os empresários que optarem por desenvolver a sua atividade no ninho de empresas de Manteigas disporão de “espaços adequados” e terão “condições para iniciarem, com baixo custo, a atividade empresarial”, observou.
Com este investimento, a autarquia pretende sediar no concelho, localizado na Serra da Estrela, “empresas que possam vender os seus produtos e o seu trabalho [para] fora, mas que vejam em Manteigas um espaço de oportunidade”.
O espaço que está a ser adaptado às novas funções ficará com capacidade para albergar os serviços administrativos de nove empresas, indicou Esmeraldo Carvalhinho.
Em caso de necessidade, apontou que os novos empresários poderão ocupar outras áreas do antigo espaço fabril, que dispõe de condições para que as empresas também possam desenvolver “a área de fabrico e de transformação”.
A autarquia promotora do projeto de captação de novos empresários e de apoio ao empreendedorismo vai promover a ideia junto do Instituto Politécnico da Guarda e da Universidade da Beira Interior (Covilhã), para tentar atrair jovens que concluam os seus cursos e pretendam ter ajuda na criação da própria empresa.
O presidente da Câmara de Manteigas prevê que as obras de adaptação das instalações da antiga unidade fabril às novas funções possam ficar concluídas no próximo ano.
O projeto de instalação do ninho de empresas, com um investimento de 148 mil euros, é apoiado em 80 por cento por fundos comunitários, adiantou.

Fonte: C.Noticias

Sem comentários: