Meteorologia Serra Estrela - Vitor Baia

  • Continuação do tempo seco - Na primeira quinzena de Agosto continua o tempo seco com muito sol e temperaturas elevadas como é normal na época de Verão. A situação de seca tende a ag...
    Há 1 semana

sábado, 30 de julho de 2011

Água Glaciar reconhecida como uma das melhores do mundo

A empresa das águas Glaciar, que em 2007 foi declarada em situação de falência, recebeu este ano quatro prémios internacionais e foi medalhada como uma das melhores águas do mundo.

"Em 2008 reformulámos totalmente o nosso negócio de distribuição de produtos alimentares, comprando a empresa de águas de mesa de Manteigas 'Da Nascente' que estava em falência. Mudámos o nome para Glaciar e a nossa actividade principal passou a ser o engarrafamento de águas e bebidas", contou à Lusa Miguel Paulino, o presidente da empresa Glaciar - Indústria, SA, empresa criada na década de 70, que este ano faz 35 anos.
Só este ano, a Glaciar e a sua direcção foram reconhecidas internacionalmente com o "New Millennium Award 2011", destacando-se como a empresa europeia que mais se destacou no sector das bebidas e a sua direcção recebeu a "Gold Medal for Business Excellence ".
A água Glaciar também ganhou a Grand Gold Medal no Monde Selection 2011, e o ITQI 2011 (Internacional Taste and Quality Institute).
"A água Glaciar é uma das melhores águas do mundo", afirmou o director-geral da empresa, explicando que esta água nasce em plena zona protegida do Parque Natural da Serra da Estrela, a 1.400 metros de altitude no Vale Glaciar em Manteigas.
Miguel Paulino acrescentou que o que distingue a qualidade desta água é o facto de brotar de uma fractura do maciço granítico do mais antigo glaciar da Europa, e de ser filtrada naturalmente pela rocha, distinguindo-se por isso em pureza e leveza, é a 3,ª água menos mineralizada do mundo.
"Fizemos um grande trabalho industrial na Glaciar, mudamos as linhas de produção e aumentámos a produção de 30 milhões de litros para 120 milhões. E este ano ainda vamos aumentar", afirmou aquele responsável, acrescentando que só no primeiro mês deste ano as vendas aumentaram 67 por cento.
Mas a grande maioria da água produzida, e com excepção da destinada às marcas próprias da grande distribuição, é exportada para mais de 20 países, dos quais se destacam Angola, Alemanha, Japão, cabo verde, Canadá ou Holanda.
"E há oportunidades que estamos a perder por falta de financiamento dos bancos, que estão sem capacidade de emprestar e a empresa não dispõe de capital disponível para investimentos avultados", explica Miguel Paulino.
Este responsável explicou as fracas vendas da Glaciar em Portugal com o preço de venda ao público: "Temos uma água de excelente qualidade, mas no mercado nacional, ao contrário de outros mercados, o que vence é o preço".

Sem comentários: