Meteorologia Serra Estrela - Vitor Baia

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Federação quer esqui e snowboard no Desporto Escolar para todos os alunos

A iniciativa abrange as crianças do 1.º, 2.º e 3.º ciclos de escolaridade e visa pô-las em contacto com os desportos de neve.
Cerca de 1.800 alunos de 32 escolas de nove distritos do país participam, até abril, no Pizza Hut Ski 4 All, programa que a Federação de Desportos de Inverno de Portugal (FDIP) pretende ver disponível no Desporto Escolar.
A iniciativa abrange as crianças do 1.º, 2.º e 3.º ciclos de escolaridade e visa pô-las em contacto com os desportos de neve.
As aulas de esqui e snowboard decorrem na pista artificial do SkiParque de Manteigas e cada estudante paga o valor simbólico de um euro, com a atividade a contemplar o acesso às pistas, equipamento e alimentação.
Pedro Farromba, presidente da FDIP, explicou que o programa faz parte da oferta em alguns estabelecimentos de ensino próximos da Serra da Estrela, mas lembrou estarem a ser feitas diligências no sentido de alargar o projeto.
“A ideia que temos, e estamos a trabalhar nisso, é conseguir que o projeto seja uma das modalidades disponíveis no Desporto Escolar. Podemos gerir todo este processo, ou em Lisboa ou em Manteigas”, disse na segunda-feira Pedro Farromba, à agência Lusa, à margem da apresentação da quarta edição do programa.
O dirigente informou já terem sido feitos contactos e mostrou-se convicto de que é uma questão de tempo até todos os alunos terem acesso ao esqui e ao snowboard.
O presidente da FDIP acentuou que a iniciativa, nos moldes em que está a funcionar, tem sido uma oportunidade para muitas crianças poderem experimentar desportos de neve.
O número de vagas tem vindo a aumentar desde o primeiro ano e nesta quarta edição os lugares foram preenchidos em apenas dois dias, por escolas dos distritos de Lisboa, Coimbra, Porto, Viseu, Bragança, Guarda, Castelo Branco e, pela primeira vez, também Setúbal e Braga. Para alunos de 15 escolas do concelho da Covilhã, cidade onde a federação tem a sede, estavam destinadas 750 vagas.
Este ano, a organização reservou 300 lugares adicionais exclusivos para pessoas portadoras de deficiência intelectual, numa parceria com o movimento Special Olympics Portugal, que eleva para 2.100 o número de pessoas abrangidas.
João Neto, em representação do Special Olympics, disse esperar que este seja o início de uma caminhada que, no futuro, possa levar atletas portugueses aos Jogos de Inverno do movimento, o que nunca aconteceu.
O Ski 4 All é apoiado pelo Programa Nacional Desporto para Todos, que tem como missão a promoção e o desenvolvimento desportivo, a educação para e pelo desporto e a promoção da saúde.
Até agora estiveram envolvidos na iniciativa 75 escolas e cerca de quatro mil crianças. Este ano as sessões começam dia 13 de outubro.
Fonte: Beira.pt

Sem comentários: